El proyecto CUCO lo formamos Jose Angel EA5HIR y Agustín EA5GSY respaldados por un gran grupo de radioaficionados. Empezamos buscando la excusa para reunirnos los fines de semana y pasar un tiempo en torno a la radio con actividades al aire libre. Ahora ese grupo de amigos se ha multiplicado y desde cualquier punto de España y el mundo se puede formar parte de el. El Cuco es la típica construcción agrícola que antaño encontrábamos en los viñedos de La Mancha, sirviendo de refugio y hogar durante las jornadas de trabajo. Actualmente hay algunos en la Manchuela Albaceteña, recordando la dureza de la naturaleza y la fragilidad del hombre que busca protegerse. En la frontera entre Madrigueras y Motilleja, donde desarrollamos muchas de nuestras actividades, se encuentra un Cuco que nos recuerda el ingenio y la humildad de nuestros predecesores. De ellos aprendemos y hacemos bandera.

Hemos cumplido seis años y esperamos que sean muchos más. Un camino que comenzó en busca de compartir experiencias, buenos momentos con nuestros amigos y siempre con la radio como punto de partida y que no nos ha defraudado en absoluto. Ahora somos más, algunos con la experiencia de habernos conocido físicamente en alguna de las actividades y muchísimos, todavía, a la espera de ese momento. En nuestro hobby no hay distancias o mejor dicho nuestro objetivo cuando encendemos el equipo es que no las haya. Eso solo lo entendemos los radioaficionados y nosotros lo hemos conseguido. El CUCO Team lo formamos ahora más de 100 entusiastas de todos los rincones de España y de 28 países que nos siguen a través del Blog diariamente. Nos llaman, nos escriben, nos dan ideas, nos preguntan, nos corrigen y sobre todo nos animan a seguir y crecer. El CUCO es una experiencia entorno a la técnica, la naturaleza y la amistad, así lo resumiría después de este tiempo.


miércoles, 30 de octubre de 2013

¿Nos apuntamos?




Caros Colegas,

A Associação de Radioamadores do Litoral Alentejano - ARLA, convida todos os Radioamadores, nacionais e estrangeiros, a participarem numa emissão especial, em Amplitude Modulada - AM, nas faixas dos 80,  40, 20, 10, 6 e 2 metros, Domingo, dia 3 de Novembro de 2013.

As emissões em Amplitude Modulada promovidas pela ARLA terão lugar nas seguintes frequências e horários (atendendo à mudança horária a realizar-se no próximo Domingo, dia 27 de Outubro de 2013, para o período de Inverno) :

3 705 kHz (+- 5kHz) - a partir das 08:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental) e enquanto a propagação permitir os resultados desejados.

7 143 kHz (+- 5 kHz) - a partir das 09:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental) e enquanto a propagação permitir os resultados desejados..

14 270 kHz (+- 5 kHz) - das 13:00 às 14:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental).

29 075 kHz (+- 5 kHz) - das 14:00 às 15:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental).

51,575.0 MHz (+- 5 kHz) - das 15:00 às 16:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental)

144,575.0 MHz (+- 5 kHz) - das 16:00 às 17:00 UTC (a mesma hora oficial em Portugal continental).

Esta iniciativa procura sobretudo atingir os seguintes objectivos:

a) Proporcionar uma oportunidade para a utilização de equipamentos antigos ou de colecção.

b) Promover formação prática e sensibilização para uma forma de emissão que está a cair em desuso, numa acção particularmente vocacionada para a formação/experimentação dos Radioamadores da categoria C e categoria 3 (neste último caso através de apoio tutelado e utilização de outra estação ou estação de uso comum associativa).

c) Prestar uma singela homenagem às antigas emissões de Radiodifusão nas Ondas  Curtas em Amplitude Modulada feitas a partir do território nacional

O convite estende-se a todas as associações nacionais e internacionais que se queiram envolver nesta acção de formação/sensibilização, nomeadamente proporcionando actividade num modo de emissão que fez história, demonstrando as virtudes e qualidades sonoras de equipamentos antigos, ou alertando para as actuais catastróficas interferências que estão a inviabilizar o uso quotidiano das emissões de telefonia em A3E (Amplitude Modulada) em muitas regiões.

A escolha destas frequências, em especial na banda dos 6m, é proposta a pensar em que a maioria dos colegas com um Certificado de Amador Nacional das categorias C e 2, possam começar uma actividade num modo de emissão que já fez história (atenção à Adenda 2013 ao Quadro Nacional de Atribuição de Frequências (QNAF) em vigor).

O envio do relatório de actividade ("Log Book"), não é obrigatório mas seria gratificante para a organização receber aqueles que puderem ser enviados para o endereço de correio electrónico:
cs5arla+dia.do.am@gmail.com

Agradecíamos que divulgassem esta actividade pelos meios ao vosso dispor.

João Costa (CT1FBF)
Vogal da Direcção da ARLA



Estaremos pendientes con nuestras Cucos. ¡Que recuerdos nos trae la AM...!

73

No hay comentarios:

Publicar un comentario